Manutenção em equipamentos de produção: conheça a real importância

A manutenção em equipamentos de produção é um assunto importante para qualquer empresa. Afinal, ela traz diversos benefícios, como a redução de custos, o aumento da vida útil de equipamentos, a segurança no parque industrial, entre outros.

Mas, para alcançar todas essas vantagens, é preciso planejar esse processo adequadamente. Por isso, você deve pensar em todos os tipos de manutenção (preventiva, preditiva e corretiva), além de outros processos técnicos. 

É sobre esse assunto que falaremos neste artigo, incluindo as diferenças entre os diferentes tipos de manutenção. Continue lendo o artigo e saiba tudo sobre o tema! 

Quais são os tipos de manutenção?

Existem três tipos básicos de manutenção: corretiva, preventiva e preditiva. Nenhuma delas é melhor ou pior que a outra, mas cada uma tem um impacto específico nos custos, na rotina empresarial e na performance dos aparelhos. Falamos um pouco mais sobre cada uma delas abaixo. 

Manutenção corretiva

Esse tipo de manutenção em equipamentos de produção serve para restaurar ou corrigir alguma máquina. Sendo assim, ela normalmente é feita quando há alguma falha.

Vale ressaltar que existem dois tipos de manutenção corretiva, a planejada e a não planejada. A primeira é programada após a detecção de algum problema, enquanto a segunda é feita após alguma pane (e por isso exige altos gastos). 

Manutenção preventiva

A manutenção preventiva é basicamente uma rotina para prevenir possíveis falhas que possam acontecer nas máquinas. Por isso, alguns pontos são selecionados para serem observados rotineiramente, listando ações que devem ser feitas e a frequência delas, por exemplo. 

Manutenção preditiva

Nesse tipo de manutenção, possíveis problemas são antecipados a partir da verificação do desgaste de componentes. Assim, a máquina é monitorada, identificando urgências de manutenções por meio da checagem da lubrificação, calibragem, dentre outras práticas.

Como realizar a manutenção de equipamentos de produção?

Fazer uma boa manutenção de equipamentos de produção é uma tarefa que exige muita atenção e alguns cuidados. É preciso criar uma rotina que auxilie essa tarefa e seja eficiente para a empresa. Veja abaixo quatro pontos que facilitam esse processo. 

Realize instalações com cuidado

É necessário ter muito cuidado ao instalar novos equipamentos de produção, pois essa é uma etapa muito delicada. Afinal, qualquer problema no quadro elétrico, por exemplo, é capaz de causar grandes estragos e falhas nos equipamentos.

Por isso, o ideal é sempre trabalhar com um engenheiro que faça o projeto elétrico do local. Assim, tudo será instalado da melhor maneira possível, evitando problemas futuros.

Invista em treinamento e capacitação

Não adianta de nada ter vários dispositivos de última geração, mas sem profissionais que saibam manuseá-los. Por isso, o ideal é investir em bons programas de treinamento e capacitação. 

Ao adotar essa prática, você reduzirá possíveis manutenções em equipamentos de produção. Afinal, todos aprenderão a utilizá-los com os cuidados adequados. 

Defina um modelo de boas práticas

Além de treinar e capacitar os colaboradores, é muito importante ter um modelo de boas práticas a serem seguidas por todos os funcionários. Esse padrão evita o possível mau uso das máquinas e evita danos, além de aumentar a performance geral do empreendimento.

Fique atento às mudanças

Mantenha-se atento e observe se as máquinas começarem a emitir sons estranhos, diminuírem sua eficiência ou apresentarem falhas, mesmo que sejam pequenas. Todas essas mudanças no comportamento podem indicar problemas que devem ser rapidamente identificadas. 

Caso perceba algo diferente, verifique tudo o que for necessário. Se for preciso, não hesite e entre em contato com algum profissional que faça manutenção em equipamentos de produção.

Quais são os benefícios de se realizar a manutenção dos equipamentos de produção 

A boa manutenção dos equipamentos de produção traz muitas vantagens a qualquer empresa. Dentre elas, podemos destacar a qualidade na produção, segurança aos colaboradores, redução de custos operacionais e aumento da vida útil do maquinário. Veja um pouco mais sobre cada um desses aspectos abaixo. 

Maior garantia na qualidade de produção

A falta de manutenção em equipamentos de produção pode fazer com que as máquinas deixem de funcionar corretamente. Esse problema gera falhas e interrupções no dia a dia da empresa. 

Por isso, é importante ter uma boa rotina de manutenção. Afinal, ela deixa os aparelhos em perfeito estado para produzir produtos com um alto nível de confiabilidade regularmente. 

Mais segurança para as equipes

Como dito, a manutenção de equipamentos de produção mantém o bom funcionamento das máquinas. E isso impacta diretamente no trabalho de todos os colaboradores, pois aparelhos bem cuidados são menos imprevisíveis. Logo, diminui-se a chance de colocar a vida ou a saúde dos funcionários em risco, por exemplo.

Reduz os custos operacionais

Deixar de fazer a manutenção de equipamentos de produção em um primeiro momento para economizar é um erro grave. E esse erro pode custar muito caro no futuro! 

Afinal, em muitos casos um conserto não programado exige a compra de peças caríssimas ou até mesmo de uma máquina nova. Portanto, o investimento em manutenção preventiva para reduzir gastos futuros é uma ótima ideia.

Aumenta a vida útil os equipamentos

Vale ressaltar que muitos aparelhos industriais têm um melhor desempenho se passarem por verificações constantes. Essa atitude, além de aumentar a performance geral, também aumentam a vida útil de todo o maquinário. 

Como a tecnologia auxilia na manutenção

A transformação digital trouxe o conceito da Indústria 4.0. Assim, através do uso de novas tecnologias, foram criadas fábricas inteligentes e conectadas, otimizando a produção e com suporte inteligente para os conceitos de manutenção preventiva na fabricação.

Assim, a tecnologia 4.0 permite que as indústrias integrem informações e as gerenciem adequadamente, diminuindo a possibilidade de erros, que são tão comuns quando esse tipo de controle é realizado manualmente.

Além disso, a tecnologia também proporciona benefícios como otimização do fluxo de informação, permitindo mais agilidade e confiabilidade. Com todos esses benefícios, você não pode deixar os avanços tecnológicos de fora da sua empresa, incluindo o auxílio da tecnologia em processos internos de manutenção.

Com a Nalbatech, você pode otimizar o processo de manutenção e tornar a sua empresa mais eficiente por meio da tecnologia. Somos especializados em tecnologias inteligentes que ajudam em uma operação totalmente digital e atuamos para que você possa colher todos os benefícios citados neste artigo para o seu negócio. Quer saber mais? Entre em contato conosco.Entre em contato conosco, marque uma conversa com os nossos especialistas e saiba como podemos te ajudar!

O que você está perdendo sem o SAN Mobile

Agilidade, mobilidade e assertividade em tempo real para a melhor tomada de decisões, é isto que sua empresa perde ao não possuir o SAN Mobile. Parece muito? A verdade é que, com a evolução tecnológica instigando as empresas a avançarem, cada vez mais os seus processos devem estar sob monitoramento. Evitar deslizes é a missão de companhias que buscam máxima eficiência. Para isso, é preciso ter uma “lupa” apontada, a todo momento, para o chão de fábrica. Assim, a gestão da manutenção consegue ser aplicada de forma ampla e certeira. Mas como expandir as ações, visto que em certos casos os softwares se restringem ao escritório, e a manutenção real — a mão na massa — se encontra no chão de fábrica?

A primeira parte da solução é contar com um bom ERP na empresa. Não por menos, uma pesquisa de 2018 descobriu que o investimento nesse tipo de tecnologia era prioridade para 53% das empresas.

Mas afinal, esse investimento vale a pena? Para 95% das empresas entrevistadas pela Panorama Consulting, o ERP veio para melhorar os seus processos.

No caso de indústrias, cujas plantas contam com fábricas para a criação de seus produtos, a solução tecnológica é ainda mais necessária. Além de organizar processos, alinhando toda produção, um ERP como o SAP, que conta com o módulo PM, pode ainda auxiliar na gestão da manutenção.

O que é o SAP módulo PM?

De forma rápida: se trata do módulo de gestão de Manutenção da Planta (PM) presente no ERP da SAP.

Com ele, a empresa integra todo controle de manutenção, aparando as pontas soltas que a condução analógica do setor deixa. Assim, a companhia fortalece suas ações de manutenção preventiva, planejando cada passo dentro do chão de fábrica.

O módulo PM do SAP permite à empresa modernizar a forma com que lida com a manutenção do maquinário. Dessa forma, centraliza as informações e facilita o controle de cada intervenção feita — obtendo dados essenciais que, mais tarde, podem servir de insumo para aprimorar as estratégias.

O que falta ao módulo PM?

Ainda que uma solução perfeitamente funcional, as empresas que contam com o módulo PM podem encontrar cenários nos quais desejariam ainda mais agilidade.

Ou seja, verdade seja dita, enquanto o módulo PM do ERP funciona em um computador, a manutenção de verdade acontece no chão de fábrica.

Seja há poucos ou muitos passos de distância, mas com limitações: e se há uma instabilidade elétrica, os funcionários perdem contato com o software? Como fica a atualização de informações e andamento de suas inspeções — seja as já programadas ou as urgentes?

É aí que entra o SAN Mobile. Entenda mais!

Como o SAN Mobile pode impactar na gestão da sua empresa?


O SAN Mobile é um aplicativo desenvolvido pela Nalbatech, que pode ser integrado às soluções SAP, permitindo realizar a manutenção de forma remota.

A solução é específica para a gestão de manutenção e possibilita que os profissionais realizem inspeções e manutenções de forma ágil e remota, mesmo sem conexão online ao SAP PM.

Com isso, reduz-se o nível de retrabalhos e falhas na manutenção, afinal, independente de contar ou não com conexão à internet, a equipe consegue utilizar os dados do SAP PM para realizar seu trabalho. O software, por sua vez, é atualizado com as informações do aplicativo uma vez que é sincronizado novamente à Internet.

Assim, é possível reduzir as intervenções paralelas, que podem desorganizar os dados coletados e gerar desconfiança na solução.

Quer entender mais sobre como o SAN Mobile pode agregar ao seu negócio e à sua estratégia de manutenção? Confira!

Amplo acesso às informações e dados

Com certeza, o principal benefício do SAN Mobile é a capacidade de trabalhar offline. Ou seja, mesmo em ambientes sem conexão com a internet, a equipe tem acesso a qualquer recurso ou funcionalidade do sistema.

Os profissionais que contam com o SAN Mobile podem acessar notas, ordens, dados de equipamentos, locais de instalação, documentos de mediação, horas de atividades e tarefas, e muito mais.

Isso é possível pois o SAN Mobile possui um banco de dados da própria aplicação, o que lhe dá o potencial de utilização mesmo offline.

Ou seja, falamos de mais mobilidade para os seus profissionais e alta acessibilidade às informações e dados, o que possibilita a correta condução dos processos de manutenção.

O aplicativo é personalizável para as necessidades do seu negócio

O SAN Mobile está disponível para integração para o SAP ECC.
Além disso, o aplicativo possibilita a personalização através de um projeto de customização de acordo com as suas necessidades. É um aplicativo dimensionado para atender a todos os segmentos, mas respeitando as regras de negócios estabelecidos no SAP, sejam as padrões ou customizadas.

Dessa forma, o SAN Mobile pode ser incorporado aos processos e demandas do seu negócio, funcionando sem atritos e promovendo uma usabilidade fluida para a equipe.

O SAN Mobile fortalece suas políticas de segurança

Segurança é questão de compliance e é preciso da atenção de toda equipe.
Com o SAN Mobile, quando um profissional for executar uma Ordem de Serviço planejada no módulo PM do SAP, o aplicativo pode enviar alertas específicos sobre o local, incluindo:

  • Riscos de Altura;
  • Perigo de Choques Elétricos;
  • Espaços Confinados;
  • Altas Temperaturas.

Outras informações podem ser mostradas, como as garantias atribuídas a cada equipamento. Assim, os profissionais e técnicos conseguem realizar uma leitura aprofundada de cada situação e ordem de serviço.

Utilizar o SAN Mobile fomenta a sustentabilidade

Por fim, é importante entender que o SAN Mobile é um amigo das políticas sustentáveis. Como ele está integrado ao sistema, toda estrutura de Ordens e informações pode ser acessada no dispositivo móvel.

Assim, seu setor de PCM evita a impressão de folhas e mais folhas de papel com diferentes Ordens de Serviço.

Com isso, sua gestão da manutenção centraliza e facilita o trato com os dados, reduzindo custos periféricos e tornando sua empresa mais amiga do meio ambiente.

Que tal começar agora mesmo a revolucionar a sua gestão da manutenção com o SAN Mobile integrado ao seu SAP? É a certeza de uma execução mais eficiente e assertiva ao seu time de manutenção, reduzindo as chances de falhas e potencializando a produtividade de cada um!

Converse com a Nalbatech agora mesmo e entenda como o SAN Mobile pode ser a solução perfeita para a sua empresa!

Gerenciamento de manutenção preventiva: conheça tudo a respeito

O gerenciamento de manutenção preventiva é fundamental na hora de planejar a manutenção dos equipamentos de uma empresa, pois evita grandes paradas na produção e consequentemente, desperdício de dinheiro. Além disso, é um item imprescindível quando se fala em segurança e conservação dessas ferramentas essenciais em uma fábrica.

Em síntese, o processo tem como objetivo evitar falhas e quebras de máquinas durante a operação. Trata-se de um conjunto de ações aplicadas que buscam evitar os custos com compras de equipamentos novos. Além disso, a manutenção preventiva contribui para otimizar as despesas com a manutenção corretiva nos equipamentos.

Contudo, ela não recupera os equipamentos de falhas e sim previne para que elas não ocorram durante a operação, evitando também os riscos e os desgastes nos equipamentos. Assim, a manutenção é feita por meio de revisões periódicas das peças e componentes da operação.

De acordo com a norma NBR-5462, a manutenção é realizada em intervalos predeterminados e corresponde a três tipos: manutenção corretiva, manutenção preventiva e manutenção preditiva. O que diferencia uma da outra é o tipo de estratégia adotada para manter os equipamentos disponíveis e seguros.

A diferença entre a manutenção preventiva e a preditiva

Estar sempre com a manutenção preventiva e preditiva em dia é um desafio constante dos gestores. Aliás, um equipamento parado representa muitos custos de substituição de peças, além da perda de tempo com a interrupção da produção.

Por um lado, a manutenção corretiva consiste na resolução imediata de um problema causado em um equipamento, muitas vezes não programada, que pode causar enormes prejuízos ao negócio. O gerenciamento da manutenção corretiva é o que garante que os altos custos imprevistos sejam evitados.

Por outro lado, a manutenção preventiva tem o papel de monitorar e controlar as possíveis falhas que ocorrem no desempenho das máquinas e equipamentos. Este tipo de ação é sempre planejado e feito de maneira periódica, dentro de um cronograma de funcionamento estipulado no gerenciamento da manutenção corretiva. Geralmente, o fabricante orienta sobre o tempo adequado para que cada supervisão do equipamento seja feita. Essa estratégia é realizada independente se os danos são ou não apresentados.

A manutenção preditiva é muito parecida com a preventiva. A diferença está no processo de inspeção sistemática e na observância em relação à alteração das condições de desempenho e parâmetros do equipamento. Ou seja, a ação leva em consideração a análise do funcionamento das máquinas e equipamentos, sem estar programado em nenhum cronograma. Quando o profissional que faz o acompanhamento identifica qualquer problema de desempenho, é que a prevenção corretiva planejada é realizada.

Os tipos de manutenção preventiva

Existem muitos tipos de manutenção, entretanto, com o gerenciamento de manutenção preventiva bem elaborado, são regularmente utilizadas duas categorias: manutenção preventiva baseada no tempo e manutenção preventiva baseada no uso.

Manutenção preventiva baseada no tempo

Este tipo de manutenção consiste em reparar ou trocar peças de uma máquina ou equipamento baseado em um intervalo fixo de tempo. Independente se a máquina esteja ou não funcionando bem, a troca é realizada, visando garantir a segurança e o bom funcionamento do equipamento sem prejudicar a produção e o fluxo de trabalho em caso de paralisação.

Manutenção preventiva baseada no uso

A manutenção preventiva baseada no uso é realizada após uma quantidade determinada de horas de uso, ciclos de produção ou quilometragem. Por exemplo, a cada 200 ciclos ou 15 mil horas de utilização é realizada a manutenção como forma de evitar também uma parada inesperada na produção para realização da manutenção corretiva emergencialmente.

Ou então, de forma mais prática no nosso dia a dia, a fábrica recomenda que seja realizada a revisão de um carro a cada 10 mil quilômetros, independente de apresentar falhas ou não, por exemplo.

Como realizar uma gestão de manutenção de forma eficaz

Mesmo com a eficiência dos processos de manutenção em corrigir qualquer problema nos equipamentos ou máquinas o mais rápido possível, existe a necessidade de mais eficácia em manter tudo em pleno funcionamento. Empresas que não trabalham com uma boa gestão de manutenção, acabam apenas apagando incêndios, se preocupando somente quando o equipamento ou a máquina já estiverem danificados.

Isso faz com que haja um custo ainda maior, além dos atrasos no processo de produção. Por isso, surgiram inúmeras ferramentas que contribuem para os melhores resultados na manutenção. Como já citamos anteriormente, é imprescindível que seja realizado um gerenciamento de manutenção preventiva, de forma que tudo esteja devidamente planejado.

Isso evita as paradas desnecessárias ou urgentes para troca de peças ou manutenção. Esse planejamento também evita imprevistos e desperdício de tempo. Mas qual a melhor forma de fazer uma gestão eficaz? Confira a seguir as dicas que separamos.

Defina o melhor tipo de manutenção a ser realizado

Antes de mais nada, é muito importante que um diagnóstico relativo à estrutura e necessidades de uma empresa seja preparado para escolher o melhor tipo de manutenção a ser aplicada. Geralmente, as opções mais utilizadas são a manutenção preditiva ou a preventiva. Além disso, também pode haver um planejamento em que os dois tipos sejam executados em conjunto.

O diagnóstico pode ser feito com a ajuda de uma empresa prestadora de serviço especializada nesse tipo de análise. Os gestores e donos do negócio também devem participar garantindo que as melhores alternativas sejam definidas baseadas no contexto da empresa.

Realize o controle devido dos custos de manutenção

Gerenciar os custos de manutenção é essencial para qualquer organização, principalmente em um mercado tão competitivo, no qual os gestores buscam mais eficiência na produção com despesas cada vez menores. A otimização de orçamento é um diferencial que garante preços mais baixos ao produto.

Por isso, é fundamental que a manutenção consiga mensurar seus custos através do gerenciamento da manutenção preventiva. Aliás, a manutenção tem papel fundamental para levantar todos os custos por meio de planejamentos programados, registros de mão de obra terceirizada e controle das despesas operacionais básicas, como peças e mão de obra própria.

Para que o plano seja gerenciado de forma eficaz é importante se livrar das inúmeras planilhas utilizadas até então, e migrar para um software que faça essa gestão de forma automática. Os sistemas disponíveis no mercado são capazes de fazer a gestão de investimentos realizados em cada etapa, desde a programação das manutenções até a compra das peças e serviços utilizados.
Com esse processo é possível otimizar e acompanhar desde os custos das atividades mais simples até as mais complexas, permitindo até uma visibilidade futura de gastos com as manutenções.

Analise o desempenho da manutenção

Todo bom gerenciamento de manutenção preventiva possui uma análise de desempenho constante. Ou seja, de nada adianta perder tempo planejando se a eficácia do plano não está sendo garantida. Este tipo de análise garante que o plano seja revisado caso algo não esteja funcionando corretamente dentro do cronograma de atividades. Mas como fazer essa mensuração?

A análise pode ser feita através da extração de dados baseadas nas informações levantadas pelos técnicos que realizam a manutenção. Os indicadores mais importantes são referentes a custos real do ativo e pelo poder de tomada de decisão que esses dados podem permitir.

Para que os indicadores sejam implantados é necessário ter uma sistemática para coleta e tratativa dos dados. Esses números podem ser acompanhados através do software de manutenção. Com o sistema, os indicadores serão gerados de forma automática e eficiente.

Faça o planejamento da manutenção preventiva e preditiva

Planejar a manutenção preventiva e preditiva é a base de todo gerenciamento eficaz, pois reduz e evita a quebra de equipamentos e máquinas. Entretanto, elaborar um plano é um grande desafio dos profissionais que trabalham nessa área. Neste caso, como já comentamos anteriormente, um software é bastante útil e ajuda a otimizar o gerenciamento de manutenção preventiva.

Existe uma grande dificuldade em rastrear os dados de manutenção manualmente, visto que elas são acionadas após um determinado período ou uso em muitos equipamentos críticos, dificultando esse acompanhamento. Um sistema de manutenção consegue criar uma ordem de serviço, baseada em gatilhos apropriados para cada equipamento cadastrado.

Utilize sistemas de gestão do processo de manutenção

As novas ferramentas tecnológicas podem ser fundamentais para um bom planejamento. Não é novidade que existem vários softwares especializados no gerenciamento da manutenção preventiva. As soluções são focadas em melhorar a eficiência operacional da indústria. Aliás, eles são muito eficazes no controle e no planejamento e permitem facilmente a integração a outros sistemas como o ERP.

Com um sistema é possível:

● Reunir dados;
● Emitir alertas;
● Planejar serviços;
● Criar histórico de eventos;
● Garantir maior estabilidade;
● Produtividade maior na fábrica;
● Segurança no acesso à informação;
● Redução de custos administrativos e operacionais;
● Mais rapidez e organização nos processos, gerando também melhorias no fluxo de informação.

Controle o estoque e as ferramentas

Um bom gerenciamento de manutenção preventiva tem todo o controle de estoque e de ferramentas utilizados no processo. Aliás, isso faz com que os problemas possam ser corrigidos instantaneamente, evitando longas paradas, caso as ferramentas não estejam disponíveis no estoque.

Com esse controle, também é possível encontrar facilmente a localização de cada peça necessária para a manutenção. Por outro lado, saber quais peças existem, qual a quantidade disponível e onde estão localizadas, otimiza o tempo, diminui os custos e aumenta a produtividade.

Por isso, é importante que um controle minucioso seja feito, com registros de data de retirada e devolução de cada item utilizado. Esse controle pode ser feito utilizando um termo de responsabilidade assinado por cada pessoa que utiliza as ferramentas ou retira as peças.

Vantagens do gerenciamento de manutenção preventiva

Muitos gestores não entendem a importância de um processo e a real necessidade dele para o bom funcionamento do negócio ou da produção de uma indústria. Por isso, elencamos os principais benefícios de ter um gerenciamento de manutenção bem planejado.

Otimização da produção

Um plano de manutenção mal organizado pode interromper os processos e atrasar a produção, trazendo prejuízo para o negócio. Por isso é fundamental um bom planejamento para que a manutenção aconteça com agendamento para a parada do equipamento. Além disso, é importante definir qual a necessidade de colaboradores trabalhando nesse processo, garantindo que a empresa perca menos dinheiro ainda investindo em um tempo desnecessário.

Conformidade com as leis e regulamentações

É muito importante que o gerente de manutenção esteja atento a todas as leis e regulamentações que permeiam esse tipo de processo, pois se houver fiscalização durante a manutenção e o trabalho não estiver de acordo com as leis de segurança, a empresa poderá ser multada.

Controle de despesas

Com o gerenciamento de manutenção preventiva é possível ter sob controle todas as despesas geradas com a manutenção das máquinas e equipamentos. Um bom planejamento também garante que o orçamento definido para essa área seja mais bem aproveitado, visto que o gerente de manutenção pode decidir pelo fornecedor com melhor custo benefício.

Agendamento de tarefas

Um planejamento eficiente trabalha com o agendamento de tarefas bem definido no cronograma. No entanto, é necessário conhecer e entender a prioridade relativa dos equipamentos e máquinas.

Redução de desperdícios

Com um bom plano de manutenção preventiva é possível reduzir muitos desperdícios em uma fábrica, como por exemplo a mão de obra, tempo e materiais. Se as atividades não forem planejadas através de implementação de sistemáticas, com certeza haverá muita perda de tempo da manutenção. Além disso, a produção também não precisará ser paralisada em um momento que está a todo vapor, simplesmente para fazer uma manutenção que talvez não houvesse necessidade naquele momento.

Agora que você já sabe quais os benefícios e a importância de realizar um gerenciamento de manutenção preventiva de forma eficaz, que tal começar a planejar o da sua empresa? Entre em contato com a Nalbatech e saiba como podemos te ajudar!

Nalbatech no GX 29 Builders

Três dias de evento dedicado exclusivamente a conhecimento sobre softwares avançados e negócios inteligentes com as referências da tecnologia e da inovação. Essa é a pegada do GX29 Builders, e a edição deste ano acontece entre os dias 23 e 25 de setembro, em Radisson, Montevidéu.

 

Para abordar as várias faces do assunto, a organização selecionou mais de 150 conferências, mais de 90 palestrantes, para mais de 4.000 participantes de 30 países, com atividades especiais ao longo dos três dias pra você sair manjando de tudo que envolve indústria de software, inovação, blockchain, IOT, big data, inteligência artificial, veículos autônomos, experiências globais em design de sistemas e transporte no futuro, a programação do evento está dividida em tecnologia, Inovação, Soft Professional Skills, Negócios, UX/Design.

A Nalbatech levará ao público, com seu CEO, Francisco Bernabeu, a palestra: SAN Mobile – Automatizando processos de manutenção na Indústria 4.0 usando o GeneXus. O aplicativo da Nalbatech tem como foco garantir a experiência do usuário em campo e tornar a interface com o SAP amigável.

 

Para fazer sua inscrição, acesse o site da GeneXus e conheça a programação: www.genexus.com/encontro

 

GX29 transmite todas as suas palestras ao vivo e direto
O melhor é participar pessoalmente e compartilhar a energia e a sinergia – magia! – que ocorre na Comunidade durante esses 3 dias; mas mesmo que a reunião seja de natureza acessível e inclusiva, uma vez que você só precisa se registrar gratuitamente para participar, sabemos que às vezes é impossível participar, seja por razões geográficas ou pelo trabalho. Por essa razão habilitamos o streaming para que milhares de pessoas se encontrem também online e possam assistir a todas as atividades no site do GX29.

 

SAN Mobile – A Mobilidade chegou na Manutenção Empresarial

Recentemente o uso de dispositivos mobile aliados a aplicativos vem ganhando espaço nas atividades empresariais. Esse tipo de solução aliada com tecnologia tem chamado cada vez mais a atenção dos gestores de manutenção, que por sua vez desejam obter uma maior eficiência operacional e consequente redução de custos de manutenção. São tempos difíceis, com poucos recursos a disposição e por isso tona-se necessário conseguir fazer mais com menos.

A mobilidade para gestão da manutenção, já é realidade e está disponível para ser utilizada e aproveitada. Por isso, no post a seguir, abordaremos um pouco dessa solução e quais vantagens sua empresa pode ter ao adotá-la. Continue lendo!

Solução

Para quem já tem o SAP – PM – Manutenção da Planta implantado em sua empresa, percebe que falta algo a mais para potencializar a ferramenta e conseguir obter melhores resultados. Seguindo essa premissa, o SAN Mobile, aplicativo mobile desenvolvido pela Nalbatech, veio para turbinar seu ERP no que tange a Mobilidade na Manutenção da Planta.

SAN Mobile

Funcionalidades

Diversas funcionalidades do SAP PM foram transferidas para o aplicativo, permitindo o acesso em qualquer localidade da empresa, mesmo em situações onde não se tenha conexão ON-Line, visto que uma das principais vantagens do aplicativo é permitir trabalhar de forma Off-Line.

Menu SAN Mobile

Tela – Menu SAN Mobile

Através do SAN Mobile, a empresa ganha velocidade no acesso às informações, permitindo ao Técnico de Manutenção acessar diversas informações como: Notas, Ordens, Equipamentos, Locais de Instalação, Características, Garantias, Documentos de Medição, Confirmação de Horas Individual e Coletiva, além de poder criar e visualizar Anexos.

A ideia é ir agregando mais funcionalidades, de forma prática e simples, sempre buscando por um produto de valor agregado, que possa realmente potencializar as funcionalidades do SAP PM.

Funcionalidades

Funcionalidades SAN Mobile

Usabilidade

Segmento

SAN Mobile foi dimensionado para ser utilizado em qualquer segmento. Com poucas customizações ele é adaptado para a sua empresa, preservando todas as regras de negócios existentes no SAP, sejam elas standards ou customizadas.

Segmento

Diagrama

Company Network

Sustentabilidade

Com o SAN Mobile, o PCM não precisa mais imprimir aquela quantidade enorme de Ordens de Serviços. Tudo fica disponível no dispositivo móvel do Técnico e pode ser acessado a qualquer momento e em qualquer lugar. E caso esteja OFF-Line, todas alterações realizadas no aplicativo serão sincronizadas com o SAP PM, quando estiver ON-Line.

Segurança e Garantia

Quando o Técnico for executar uma Ordem de Serviço, o SAN Mobile, alerta sobre as condições de segurança que o Local tem, como riscos de eletricidade, de altura, espaços confinados, etc. Além disso, também são exibidas informações de Garantias atribuídas aos Equipamentos.

Contato

Caso queira conhecer mais sobre o SAN Mobile, entre em contato conosco e agenda uma visita.

Colaboração: Adalberto Palmieri – Consultar SAP 

Nalbatech discute a Indústria 4.0 no CIO SAB e no Business Technology Innovation

Empresa é um dos destaques nos eventos para a Indústria 4.0, com apresentação sobre plataforma para automatização de processos de manutenção.

 

Francisco Bernabeu, CEO da Nalbatech, participará de dois eventos promovidos pela EBDI, com foco em indústria 4.0. Nos dias 18 e 19 de setembro, o executivo estará no Villa Bisutti – Casa do Ator, em São Paulo, onde participará de uma sessão, no dia 19 às 10h30, para falar sobre a automatização de processos de manutenção. O evento tem como proposta discutir como construir uma operação sustentável, visando contribuir para a mudança e evolução do parque industrial brasileiro.

 

Na semana seguinte, Francisco Bernabeu participará, entre os dias 25, 26 e 27 de setembro, do CIO SAB 2019, no interior de São Paulo. A proposta deste evento é Back To Basic – Desconstruir para evoluir abordando a importância do parceiro de negócios e como ele poderá contribuir no cumprimento de metas estabelecidas no planejamento estratégico.

 

Um dos pontos a serem abordados pela empresa durante os eventos, será a utilização do SAN Mobile para automatização dos processos de manutenção de acordo com a indústria 4.0.

 

Sobre a Nalbatech

Fundada em 2010, empresa multinacional com sede em São Paulo, atua na área de tecnologia, com a missão de quebrar o paradigma de complexidade que envolve soluções de TI, oferecendo soluções de alta performance, flexibilidade e custo adequados.

 

Nalbatech amplia debate sobre a Indústria 4.0 no SAP NOW Brasil

Com o intuito de debater sobre inovações da Indústria 4.0, a Nalbatech, participa da edição 2019 do SAP NOW Brasil, evento antes denominado SAP Fórum.

 

O SAP NOW Brasil acontecerá nos dias 11 e 12 de setembro no Transamérica Expo Center, em São Paulo. Na oportunidade, a Nalbatech apresentará aos visitantes os benefícios de uma plataforma de automação para processos de manutenção, o SAN Mobile.

 

Com a oferta, empresas de todos os portes e segmentos podem transformar seus processos, minimizando erros e tornando os dados confiáveis.

 

Em um espaço para palestras, a Nalbatech receberá os visitantes, para apresentações rápidas no dia 11/09, às 11h30 e às 12h10 e no dia 12/09, às 11h30 e às 16h30. Durante as apresentações, Francisco Bernabeu, CEO da Nalbatech, trocará experiencias sobre como ele enxerga o mercado e como a solução da empresa automatiza de forma simples e segura com o SAP PM.

 

Quer participar do evento? Inscreva-se agora mesmo no link: https://bit.ly/SAPNOWBRASIL

SAP NOW Brasil

Nalbatech no SAP NOW Brasil

 

Nalbatech está patrocinando o Data Governance 2019!

Uma pesquisa divulgada pela HBR indica que empresas com menos de 70% de exatidão dos dados, tomam decisões incorretas 2 em cada 3 vezes. Junte a isso, o número de ataques e quebras de seguranças aumentando exponencialmente nos últimos anos, chegando aos 11,7 milhões de dólares de custo médio por empresa, segundo pesquisa da Accure e Ponemon Institute.

 

As políticas de governança e a segurança da informação precisam correr para acompanhar as inovações, sem impedir a agilidade tão desejada no meio de negócios. Como fazer isso e impulsionar o negócio? Quem deve olhar para a qualidade dos dados? Como construir uma cultura de accountability, capaz de propiciar um ambiente seguro?

 

Buscando gerar insights que podem ajudar a responder essas perguntas, a ebdi desenvolverá em a primeira edição do Brain Interactivity | Data Governance, reunião para até 50 líderes da área de dados e TI, que acontecerá nos dias 05 e 06 de junho em São Paulo, e a Nalbatech estará presente nesse encontro. Nosso CEO, Francisco Bernabeu, abordará o tema: A importância de proteger a esteira de desenvolvimento e o código fonte das aplicações.

 

Envie um e-mail para : atendimento@ebdicorp.com.br com a hashtag #ebdiNALBATECH e participe!

Nalbatech #BugScout #Tecnologia #CiberSegurança

 

LGPD : 10 pontos para entender a nova lei de proteção de dados no Brasil

LGPD (Lei de proteção de dados) : 10 pontos para entender a nova lei de proteção de dados no Brasil

 

Você sabe o que é a LGPD? É a sigla para Lei Geral de Proteção de Dados, sancionada pelo presidente Michel Temer com o objetivo de aumentar a privacidade de dados pessoais e o poder das entidades reguladoras para fiscalizar organizações. O documento altera o Marco Civil da Internet e chega em uma época propícia, marcada por grandes vazamentos de informações e escândalos que envolvem justamente o uso indevido de informações pessoais.

 

A partir de agora, as empresas têm 18 meses para se adaptarem à lei. O não cumprimento dessas obrigações pode acarretar, por exemplo, em multas altíssimas que chegam até mesmo a R$ 50 milhões por infração. Ainda que essa prática coloque o Brasil no grupo dos países considerados adequados na proteção à privacidade dos cidadãos, a expectativa é que os próximos meses serão de dificuldade e planejamento dentro das corporações.

 

Confira dez pontos para entender mais a LGPD, acessando o link abaixo:

 

Você sabia que é possível mensurar e gerenciar seus riscos em uma plataforma? A BugScout, entre em contato com nossos consultores e saiba como podemos auxiliar.

 

#Nalbatech #BugScout #Tecnologia #CiberSegurança #LGPD #Inovação

 

Security Leaders 2018

O objetivo do Congresso Security Leaders é reunir C-Leves, especialistas e executivos das principais instituições públicas e privadas do País para um Debate Nacional extremamente profundo sobre os atuais desafios de Segurança Cibernética.

 

Esse ano, também com destaques de casos de sucesso, histórias que deram certo no combate ao cibercrime! 

A Nalbatech e a BugScout marcam presença no evento, estaremos na FEIRA TECNOLÓGICA, espaço onde teremos presença dos principais fornecedores de soluções em Segurança da Informação.

 

Tecnologias inovadoras, tendências e as novidades de mercado você encontra aqui, venha nos visitar. E nossa participação conta com a palestra de nosso CEO, Francisco Bernabeu, com tema: “Segurança Global de Aplicações como Serviço gerenciado”, que será realizada no dia 30 ás 9h30.

 

Venha nos visitar:


https://www.securityleaders.com.br/index.html